Home » Ansiolíticos » Ansitec Bula – Para que Serve? Emagrece?

Ansitec Bula – Para que Serve? Emagrece?

Ansitec serve para tratar distúrbios de ansiedade, como o transtorno de ansiedade generalizada. As indicações na bula de Ansitec também incluem o alívio dos sintomas de ansiedade associados ou não à depressão. O preço de Ansitec de 5 mg varia de R$ 20 a R$ 25, enquanto Ansitec de 10 mg custa de R$ 40 a R$ 45.

Ansitec só deve ser utilizado por adultos. Seu princípio ativo é o cloridrato de buspirona e cada caixa vem com 20 comprimidos.

Como tomar Ansitec?

A dose inicial geralmente indicada de Ansitec é de 5 mg, 3 vezes ao dia (a cada 8 horas), preferencialmente entre as refeições.

Caso seja necessário, a dose pode ser aumentada em 5 mg a cada 2 ou 3 dias, até chegar à dose máxima diária de 60 mg, embora a dosagem definitiva de 20 a 30 mg por dia divididos em 3 tomadas seja eficaz na maioria dos casos.

O tratamento com Ansitec é contínuo por, no mínimo, 3 a 4 semanas.

Ansitec tira a fome? Emagrece ou engorda?

Ansitec tira a fome se ela for causada pela ansiedade, já que o remédio alivia os seus sintomas. Sendo assim, Ansitec pode levar o/a paciente a emagrecer. O ganho de peso não é um efeito colateral presente em sua bula.

Ansitec dá sono?

Sim, a sonolência é um efeito colateral muito comum presente na bula de Ansitec.

Leia também:

Contraindicações

O uso de Ansitec é contraindicado nos seguintes casos:

  • Alergia aos componentes da fórmula do remédio;
  • Pacientes menores de 18 anos de idade;
  • Pacientes com epilepsia e história de crises convulsivas, intoxicação por álcool, substâncias hipnóticas, analgésicas ou antipsicóticas;
  • Pacientes com insuficiência renal e hepática graves;
  • Mulheres grávidas ou que estejam amamentando, a não ser por orientação médica.

Você deve informar ao seu médico se está tomando antidepressivos ISRS (inibidores seletivos da recaptação de serotonina), como Fluoxetina ou Sertralina.

Efeitos colaterais mais comuns

Os efeitos colaterais mais comuns de Ansitec são tontura, vertigem, dor de cabeça e sono, além de:

  • Nervosismo, raiva e depressão;
  • Insônia e outras alterações do sono;
  • Falta de concentração e confusão mental;
  • Parestesia (sensações estranhas na pele semelhante a alfinetadas);
  • Visão turva, tremores e anormalidades na coordenação motora;
  • Zumbido no ouvido;
  • Taquicardia (batimentos cardíacos acelerados) e dor no peito;
  • Nariz entupido e dor de garganta;
  • Enjoos, vômito, dor abdominal, diarreia e/ou prisão de ventre;
  • Boca seca, suor frio e lesões na pele;
  • Dor nos ossos e nos músculos e cansaço.

Informe ao médico se apresentar sintomas da síndrome da serotonina, que incluem, além de alguns efeitos já listados, alucinações, movimentos musculares repentinos e calafrios.

O uso de Ansitec deve ser descontinuado se houver comprometimento dos rins ou do fígado.

Ansitec precisa de receita azul ou branca?

Ansitec pode ser comprado com receita branca (2 vias).

Gravidez e lactação

O uso de Ansitec durante a gravidez e a amamentação não é recomendado. Caso seja necessário, o médico deverá avaliar se os benefícios para a mãe superam os riscos potenciais para o bebê.

Composição

  • Cada comprimido de Ansitec contém: 5 ou 10 mg de cloridrato de buspirona (substância ativa) e excipientes*.

*Comprimidos de 5 mg: povidona, celulose microcristalina, croscarmelose sódica, óxido férrico amarelo, lactose monoidratada, estearato de magnésio e dióxido de silício.

*Comprimidos de 10 mg: povidona, celulose microcristalina, croscarmelose sódica, óxido férrico amarelo, corante azul indigotina, lactose monoidratada, estearato de magnésio e dióxido de silício.

Laboratório: Libbs.

O genérico de Ansitec é o cloridrato de buspirona, seu princípio ativo.

Atualizado em: 11/05/2018 na categoria: Ansiolíticos