Azitromicina: Preço, Como Tomar, Serve para Acne?

Azitromicina di-hidratada é um antibiótico utilizado para tratar infecções bacterianas diversas, inclusive nos órgãos genitais. O preço de Azitromicina varia de R$ 10 a R$ 30.

Indicações – Para Que Serve Azitromicina?

O uso de Azitromicina é indicada para o tratamento de:

  • Infecções do sistema respiratório (pneumonia, bronquite, sinusite, faringite, etc.);
  • Otite média (infecção de ouvido);
  • Infecções de pele e/ou tecidos moles;
  • Clamídia;
  • Cancro.

Azitromicina para garganta

A Azitromicina pode ser usada parar tratar infecções na garganta causadas por bactérias.

A Azitromicina é usada no tratamento da acne?

Sim, a Azitromicina também é indicada para tratar a acne, tanto por via oral quanto por via tópica, presente em medicamentos formulados para a pele, inclusive em associação com outras substâncias, como ácidos.

Como Tomar Azitromicina/Dosagem

Dose de Azitromicina em adultos/idosos com clamídia, cancro mole ou gonorreia (doenças sexualmente transmissíveis):

  • Dose oral única de 1000 mg (1 g).
  • Para outras infecções, geralmente indica-se a dose 1500 mg (1,5 g), divididas em três tomadas (500 mg, 3 vezes por dia), durante 3 a 5 dias.

Para uso em crianças com mais de 45 kg, os mesmos parâmetros do uso em adultos devem ser seguidos.

Contraindicações

A administração de Azitromicina é contraindicada nos seguintes casos:

  • Pessoas com hipersensibilidade a eritromicina ou a quaisquer componentes da fórmula;
  • Pessoas com hipersensibilidade a antibióticos macrolídeos;
  • Crianças com menos de 45 kg.

Efeitos Colaterais/Reações Adversas Mais Comuns

  • Anorexia, enjoos, vômito e diarreia;
  • Fezes amolecidas, dor de estômago, dor ou cólica abdominal, prisão de ventre, gases e colite pseudomembranosa (inflamação do cólon);
  • Vaginite (inflamação dos tecidos da vagina);
  • Coceira, sensibilidade à luz, manchas e inchaço na pele;
  • Comportamentos agressivos, nervosismo, agitação e ansiedade;
  • Tontura, convulsões, dor de cabeça, sonolência, parestesia (sensações anormais da pele) e hiperatividade;
  • Dores nas articulações;
  • Perda de audição, surdez ou surgimento de ruído auditivo (os efeitos são reversíveis);
  • Palpitações e arritmias cardíacas.

Gravidez e Lactação


O uso de Azitromicina durante gravidez e lactação só deve ser feito sob orientação médica, em último caso, quando não há outras alternativas comprovadamente seguras para o tratamento da infecção em questão.

Composição

Cada comprimido revestido de Azitromicina contém:

  • Azitromicina di-hidratada (substância ativa em quantidade descrita na embalagem do medicamento) e excipientes – fosfato de cálcio dibásico, amido, croscarmelose sódica, laurilsulfato de sódio, estearato de magnésio, álcool polivinílico, dióxido de titânio, macrogol, talco.

Ingerir álcool durante o tratamento com Azitromicina é perigoso?

Sim. A ingestão de bebidas alcoólicas pode agravar alguns efeitos colaterais da Azitromicina, como náuseas, vômitos, dor no estômago e diarreia.


Mais Sobre esse Assunto:

Álcool Corta Efeito de Antibiótico?