Calman: Funciona? Em Quanto Tempo faz Efeito?

Calman é um calmante natural que combate a ansiedade, irritabilidade e insônia em bebês e adultos. O preço de Calman varia de R$ 18 a R$ 25. Calman pode ser encontrado em forma de comprimidos revestidos e solução oral.

Indicações

Calman é indicado para o tratamento dos seguintes casos:

  • Ansiedade;
  • Problemas para dormir em crianças;
  • Insônia;
  • Irritabilidade;
  • Hipertensão leve;
  • Enurese (não conseguir controlar a urina, principalmente dormindo) de origem não orgânica;
  • Distúrbios neurovegetativos: são distúrbios onde o paciente acha que alguns sintomas (como palpitações, ondas de calor ou frio e tremores) são provocados pelo sistema autônomo (sistemas cardiovascular, respiratório, gastrointestinal e urogenital), embora diversos exames comprovem que não há problemas em qualquer órgão específico.

Como Tomar Calman: Dosagem

Calman Comprimidos Revestidos

Crianças com mais de 5 anos

  • 1 comprimido, 1 ou 2 vezes ao dia.

Adultos

  • Tratamento da insônia e irritabilidade leve: 1 ou 2 comprimidos, 1 ou 2 vezes ao dia;
  • Estados depressivos e insônia persistente: de 2 a 4 comprimidos, 1 ou 2 vezes ao dia.

Calman Solução Oral

Em casos de irritabilidade e insônia

  • Bebês que ainda mamam: 2,5 ml, 1 ou 2 vezes ao dia;
  • Crianças de 2 a 5 anos: 5 ml, 1 ou 2 vezes ao dia;
  • Crianças com mais de 5 anos: 10 ml, 1 ou 2 vezes ao dia;
  • Adolescentes e adultos: 15 ml a 20 ml, 1 ou 2 vezes ao dia.

Contraindicações

Calman é um medicamento natural e fitoterápico, por esse motivo não apresenta maiores contraindicações, a não ser em pacientes que possuam alergia aos componentes da fórmula do medicamento.

Atenção para pacientes diabéticos: Calman possui açúcar.

Não tome Calman juntamente com bebidas alcoólicas.

Pacientes que irão dirigir ou operar máquinas devem tomar maiores precauções, pois Calman provoca sonolência.

O uso de Calman com outros medicamentos que causam sonolência deve ser feito sob supervisão médica.

Efeitos Colaterais/Reações Adversas Mais Comuns

Calman pode causar sonolência e alterações na coagulação do sangue.

Gravidez e Lactação

O uso de Calman durante a gravidez e amamentação deve ser evitado. Consulte seu médico em caso de gravidez durante o tratamento com o medicamento.

Composição

Cada comprimido revestido de Calman contém:

  • 0,100 g de extrato seco de Passiflora incarnata L., 0,030 g de extrato seco de Crataegus oxyacantha L., 0,100 g de extrato seco de Salix alba L. (substâncias naturais ativas) e excipientes – dióxido de silício, lactose, estearato de magnésio, glicolato amido sódico, talco BL-1 magnesita, polissorbato 80, polietilenoglicol, dióxido de titânio, corante, copolímero ácido metacrílico, simeticona, trietilcitrato, álcool isopropílico, acetona, água de osmose.

Cada 5 ml de Calman Solução Oral contém:

  • 0,50 ml de extrato fluido de Passiflora incarnata L., 0,35 ml de alcoolato de Crataegus oxyacantha L., 0,250g de extrato mole de Salix alba L. e excipientes – açúcar, glicerina, metilparabeno, propilparabeno, ácido cítrico, água de osmose e corante caramelo.

Calman pode ser administrado em bebês?

Sim. Calman Solução Oral pode ser administrado em bebês para tratar a irritabilidade e problemas para dormir desde a fase da amamentação. A dose recomendada para bebês de até dois anos é de 2,5 ml, 1 ou 2 vezes ao dia.

Em quanto tempo Calman começa a fazer efeito?

Em tese, Calman começa a fazer efeito alguns minutos após a sua administração, mas a duração de tempo para começar a sentir os seus efeitos pode variar de pessoa para pessoa.

Tomar Calman engorda?

Não. Calman é um calmante natural e não possui qualquer efeito colateral ligado ao ganho de peso.

Preciso de receita para comprar Calman?

Calman pode ser comprado sem receita por se tratar de um remédio natural.