Remédios para Epilepsia: Anticonvulsivos mais Utilizados

Os medicamentos usados para epilepsia são anticonvulsivos e sedativos, como Depakene e Topiramato, Rivotril e Gardenal. Outros medicamentos anticonvulsivantes incluem Gabapentina, Fenobarbital, Levetiracetam e Oxcarbazepina.

Os efeitos colaterais mais comuns dos remédios anticonvulsivantes são a sonolência, alterações de humor, confusão e dificuldade de locomoção, problemas na visão, como visão borrada e visão dupla, dificuldade de concentração, tonturas e vômito.

Os remédios, doses e duração do tratamento devem ser prescritas exclusivamente pelo médico. As doses indicadas por ele podem ser diferentes das doses gerais recomendadas.

Anticonvulsivantes

Depakene e Depakote

  • Depakene e Depakote são dois medicamentos compostos de divalproato de sódio, uma substância anticonvulsivante que trata tanto as convulsões quanto as crises de ausência: quando o paciente perde os sentidos e a consciência mas permanece imóvel, sem demonstrar qualquer outro sinal.

Depakote pode ser encontrado em forma de comprimidos de liberação prolongada. Seu preço varia de R$ 25 a R$ 127.

Depakene é encontrado em cápsulas e seu preço varia de R$ 16 a R$ 56.

Os dois medicamentos são indicados para tratar a epilepsia em adultos e crianças acima de 10 anos, com ou sem outros medicamentos anticonvulsivantes. Depakene e Depakote também tratam distúrbios bipolares.

Topiramato

  • O topiramato previne e trata crises de epilepsia e enxaqueca. As doses recomendadas são de, no mínimo, 200 mg por dia.

O preço de Topiramato varia de R$ 33 a R$ 100.

Levetiracetam

  • Levetiracetam serve para tratar e prevenir crises epiléticas em adultos e crianças. A dose recomendada pode variar entre 500 mg e 1500 mg, 2 vezes ao dia.

O preço de Levetiracetam varia de R$ 49 a R$ 159. O medicamento pode ser encontrado, também, com o nome comercial de Kepra.

Carbamazepina

  • Carbamazepina trata convulsões em geral, inclusive as provocadas pela epilepsia, além de outros transtornos neurológicos e mentais. Carbamazepina custa a partir de R$ 7.

Gardenal (Fenobarbital)

  • Para adultos, a dose indicada de Gardenal é de 2 a 3 mg por kg em dose única ou fracionada durante o dia. Crianças devem tomar 3 a 4 mg por kg seguindo o mesmo procedimento.

O preço de Gardenal varia de R$ 4 a R$ 7.

Fenobarbital é a forma genérica de Gardenal.

Rivotril – Clonazepam

  • Rivotril (clonazepam) é um anticonvulsivante e calmante que trata e previne as crises de epilepsia. A dose inicial para adultos é de 1,5 mg, 2 ou 3 vezes por dia.

O preço de Rivotril varia de R$ 4 a R$ 16.

Neurontin (Gabapentina)

  • Neurontin trata a epilepsia, crises parciais e dores neuropáticas. As doses devem ser recomendadas pelo médico, de acordo com cada caso. Seu preço varia de R$ R$ 31 a R$ 137.

Gabapentina é a forma genérica de Neurontin. Seu preço varia de R$ 24 a R$ 64.

Trileptal

  • Trileptal tem como princípio ativo a oxcarbazepina. Seu preço varia de R$ 188 a R$ 194.

Lamotrigina

  • A Lamotrigina é um antiepiléptico para uso adulto e pediátrico a partir de 12 anos de idade. Pode ser encontrado em comprimidos de 25, 50 e 100 mg.

O medicamento é indicado para tratar as crises convulsivas epilépticas e utilizada como tratamento de manutenção em pacientes com epilepsia já estabilizada. O preço de Lamotrigina genérico varia de R$ 22 a R$ 55.