Home » Antibacterianos » Bula de Metronidazol Pomada

Bula de Metronidazol Pomada

Metronidazol pomada (gel vaginal e geleia) é antibiótico e antiparasitário e serve para tratar tricomoníase, vaginose e inflamações vaginais. O preço de Metronidazol varia de R$ 10 a R$ 17.

A pomada Metronidazol refere-se ao gel vaginal, geleia e creme. A versão em comprimidos também serve para tratar giardíase e amebíase.

para que serve metronidazol

Metronidazol é antibiótico?

Sim. Metronidazol é um medicamento antibacteriano e antiparasitário indicado para tratar infecções por parasitas, como amebíase, giardíase e tricomoníase, além de infecções causadas por bactérias anaeróbias que sobrevivem com pouco oxigênio ou mesmo sem a presença dele.

Metronidazol precisa de receita?

Metronidazol não precisa de receita médica para ser comprado, mas não deve ser utilizado por conta própria, apenas sob prescrição médica após a confirmação do diagnóstico do paciente.

Leia também:

Para que serve Metronidazol?

O gel e geleia vaginal de Metronidazol serve para tratar:

  • Tricomoníase – doença sexualmente transmissível causada por parasita;
  • Vaginites – infecções e inflamações na vagina.

Metronidazol serve para candidíase?

Não. Metronidazol não é indicado para tratar a candidíase, pois não combate os fungos causadores da infecção.

Como usar

Metronidazol gel e geleia vaginal:

  • 1 bisnaga cheia (5 mg) de Metronidazol, em dose única diária, durante 10 a 20 dias.

Como usar:

  • Encha completamente a bisnaga com o gel. Retire a bisnaga e feche novamente;
  • Introduza o aplicador inteiramente dentro da vagina e empurre a bisnaga até esvaziar o aplicador;
  • Recomenda-se a aplicação com a paciente deitada, com pernas elevadas, antes de dormir.

Metronidazol faz efeito em quantos dias?

O efeito de Metronidazol pode ser sentido com 1 ou 2 dias do uso do remédio.

Contraindicações

O uso de Metronidazol é contraindicado para:

  • Pacientes que apresentem alergia ao metronidazol ou a quaisquer componentes da fórmula;
  • Mulheres que estejam amamentando.

O consumo de álcool não é recomendado durante o tratamento e nos 3 dias anteriores e posteriores, pois pode causar enjoos e vômitos.

Efeitos colaterais

Grandes doses ou um tratamento por tempo prolongado com Metronidazol podem causar:

  • Dor de cabeça e febre;
  • Enjoo, vômito e diarreia;
  • Secura de boca ou da vagina;
  • Dor abdominal e constipação;
  • Reações alérgicas;
  • Perda de peso e falta de apetite;
  • Inflamação na boca;
  • Proliferação de Cândida albicans na vagina;
  • Coloração escura marrom ou avermelhada da urina;
  • Confusão, alucinações e crises convulsivas.

Metronidazol corta o efeito do anticoncepcional?

Não, Metronidazol não corta o efeito do anticoncepcional.

Metronidazol na gravidez e lactação

O Metronidazol só deve ser utilizado durante a gravidez quando não houver alternativa de tratamento. Por ser excretado no leite materno, metronidazol não deve ser usado durante a amamentação.

Composição

Cada grama do gel vaginal contém:

  • 100 mg de metronidazol base (micronizado) e veículo – *carbomer 934, hidróxido de sódio, propilenoglicol, cloreto de benzalcônio, edetato de sódio, metilparabeno, propilparabeno e álcool etílico.

Laboratório: Neo Química e Ems.


Confira também:

Atualizado em: 19/07/2018 na categoria: Antibacterianos, Antiparasitários