Migraliv – Enxaqueca

Migraliv é indicado no tratamento da enxaqueca ou de dores de cabeça vasculares. Esse medicamento é de uso adulto, sendo apresentado ao mercado em forma de comprimidos.

Como Tomar/Dosagem

  • A dose recomendada para Migraliv é de 1 ou 2 comprimidos aos primeiros sintomas da enxaqueca;
  • Se os sintomas não melhorarem, tome 1 comprimido a cada 30 minutos;
  • Lembre-se de nunca ultrapassar a dose máxima de 6 comprimidos por dia;
  • O tratamento nunca deve durar por mais de 10 dias.

Contraindicações

Migraliv é contraindicado em casos de:

  • Pressão baixa;
  • Pressão alta;
  • Histórico de úlcera gástrica;
  • Insuficiência renal;
  • Insuficiência hepática;
  • Problemas no coração;
  • Problemas no sangue e na medula óssea;
  • Doenças vasculares;
  • Gravidez ou amentação;
  • Enxaqueca hemiplégica (presença de fraqueza muscular e dificuldade de se mexer durante a enxaqueca com aura);
  • Infecção generalizada.

Efeitos Colaterais/Reações Adversas Mais Comuns

Os efeitos colaterais mais comuns durante o uso de Migraliv são:

  • Dor no estômago;
  • Enjoos e vômitos;
  • Tonturas;
  • Sonolência;
  • Dor nos músculos;
  • Taquicardia;
  • Azia;
  • Pressão baixa;
  • Perda da força física;
  • Bolhas na pele;
  • Suor excessivo;
  • Confusão mental;
  • Pressão alta.

Gravidez e Lactação

Migraliv não deve ser utilizado durante a gravidez ou amamentação, pois pode causar abortos e malformação fetal, além de ser excretado no leite materno.

Composição

Migraliv contém: Mesilato de Diidroergotamina, Cafeína, Dipirona Sódica e excipientes: celulose microcristalina, amido, croscarmelose sódica, estearato de magnésio e corante amarelo tartrazina.

Preço

Uma caixa com 12 comprimidos de Migraliv custa em torno de R$ 10,00.


Migraliv Serve Para Sinusite?

Migraliv não serve para sinusite, pois é um medicamento indicado especialmente para quem sofre de enxaqueca com aura ou dor de cabeça vascular.

Alguns remédios como Sinutab são mais indicados para o problema.

Migraliv dá Sono?

Migraliv pode sim dar sono em quem usa, pois esse é um dos efeitos colaterais do medicamento. É importante destacar que nem todos os pacientes sentirão sono ao tomar Migraliv e que o medicamento não é sedativo, ou seja, o efeito causado se resume a uma simples sonolência.