Home » Antigripais » Resfenol Bula: Dá sono? Para que Serve?

Resfenol Bula: Dá sono? Para que Serve?

Resfenol serve para combater todos os sintomas da gripe e de resfriados, como:

  • Mal-estar;
  • Congestão nasal e coriza;
  • Dor de cabeça e dor no corpo;
  • Tosse e espirros;
  • Febre.

O preço de Resfenol varia de R$ 15 a 42. Resfenol pode ser encontrado em cápsulas, gotas e xarope (solução oral), além de Resfenol Thermus (Resfenol Infantil), indicado especialmente para reduzir a febre, dores no corpo, dor de cabeça e dor de dente em bebês.

Resfenol dá sono?

Sim, Resfenol pode dar sono. Esse é um efeito colateral comum presente em sua bula.

Posologia de Resfenol – Como Tomar

Resfenol deve ser tomado por via oral.

Posologia de Resfenol cápsulas – Adultos e crianças acima de 12 anos

  • Adultos: 1 a 2 cápsulas, 6 vezes ao dia (a cada 4 horas);
  • Adolescentes de 12 a 18 anos: 1 cápsula, 6 vezes ao dia.

A dose máxima de 10 cápsulas por dia não deve ser ultrapassada.

Posologia de Resfenol gotas – Crianças de 2 a 6 anos

  • Crianças de 4 a 6 anos: 30 a 40 gotas, a cada 6 ou 8 horas;
  • Crianças de 2 a 4 anos: 20 a 30 gotas, a cada 6 ou 8 horas.

Crianças abaixo de 2 anos só devem tomar Resfenol Gotas sob orientação médica.

Posologia de Resfenol solução oral – Adultos e crianças acima de 6 anos

  • Adultos e adolescentes acima de 12 anos: 10 ml, 6 vezes ao dia (a cada 4 horas);
  • Crianças de 6 a 12 anos: 5 ml, a cada 4 horas.

Resfenol é bom? Funciona mesmo?

Sim, Resfenol combate com eficácia todos os sintomas de gripes e resfriados por conter, em sua formulação, substâncias analgésica, antialérgica e descongestionante.

Contraindicações

Resfenol é contraindicado nos seguintes casos:

  • Pacientes alérgicos aos componentes da fórmula do medicamento;
  • Pacientes com pressão alta, problemas no coração, diabetes, glaucoma e problemas na tireoide;
  • Pacientes com hipertrofia (aumento) da próstata, doença renal crônica e insuficiência hepática (do fígado) grave.

Atenção:

As cápsulas de Resfenol podem causar reações alérgicas, principalmente asma brônquica em pacientes que já possuem alergia ao ácido acetilsalicílico, por conter o corante amarelo de TARTRAZINA.

Resfenol é contraindicado para pacientes que desempenham atividades que exijam atenção total, como dirigir veículos e operar máquinas, já que pode causar sonolência.

Outros remédios que contenham paracetamol não devem ser utilizados juntamente com Resfenol. Resfenol também não deve ser utilizado em conjunto com remédios inibidores da MAO (monoamina oxidase), barbitúricos ou bebidas alcoólicas.

A solução oral de Resfenol deve ser tomada com precaução por pacientes diabéticos, pois contém açúcar.

Efeitos colaterais de Resfenol

Resfenol costuma ser bem tolerado e raramente causa efeitos colaterais, como:

  • Sonolência e sedação;
  • Pressão baixa e tontura;
  • Suor em excesso, palpitações, ansiedade e tremores;
  • Insônia, má digestão e dor abdominal;
  • Irritações na pele.

Resfenol faz mal?

Resfenol pode fazer mal em pacientes alérgicos aos componentes da formulação ou ao ácido acetilsalicílico. Há algumas contraindicações e advertências na bula do remédio que devem ser seguidas à risca para que o medicamento funcione de forma eficaz e não prejudique quem o está tomando.

Gravidez e lactação

Resfenol não deve ser utilizado durante a gestação e no período de amamentação sem orientação médica.

Composição de Resfenol

  • Cada cápsula de Resfenol contém: 400 mg de paracetamol, 4 mg de maleato de clorfeniramina, 4 mg de cloridrato de fenilefrina (substâncias ativas) e excipientes – estearato de magnésio, amido, silicato de magnésio e água deionizada;
  • Cada ml de Resfenol Gotas (40 gotas, aproximadamente) contém: 100 mg de paracetamol, 2 mg de maleato de clorfeniramina, 2 mg de cloridrato de fenilefrina e veículo – metilparabeno, propilenoglicol, sacarina sódica, álcool etílico, essência, corante amarelo crepúsculo/alaranjado e água deionizada;
  • Cada ml da solução oral de Resfenol contém: 40 mg de paracetamol, 0,6 mg de maleato de clorfeniramina, 0,6 mg de cloridrato de fenilefrina e veículo – metilparabeno, propilparabeno, propilenoglicol, sacarose, álcool etílico, essência, corante amarelo crepúsculo/alaranjado e água deionizada.

Resfenol foi proibido em 2016?

Não, Resfenol não foi proibido. Um boato se espalhou pela internet de que alguns medicamentos antigripais, como Resfenol, Multigrip e Cimegripe foram proibidos por conterem, em suas formulações, a substância fenilpropalamina, o que não é verdade, pois nenhum desses medicamentos contém a substância em questão, que pode causar AVC.

A verdade é que a proibição de vários medicamentos que contém a fenilpropalamina é real, mas aconteceu em 2000 e não inclui os medicamentos listados aqui.

Atualizado em: 05/02/2018 na categoria: Antigripais