Tinidazol + Nitrato de Miconazol – Para que Serve?

Tinidazol + nitrato de miconazol é um creme vaginal que serve para tratar candidíase e corrimentos causados por inflamações e infecções na vagina. Tinidazol + nitrato de miconazol é um remédio genérico. Sua referência é o medicamento Gino-Pletil e seu preço varia de R$ 12 a R$ 23.

Tinidazol + nitrato de miconazol possui ampla ação, pois une uma substância antifúngica e outra antimicrobiana e por isso trata infecções causadas por fungos, bactérias e parasitas e combate todos os seus sintomas.

É apresentado ao mercado em embalagem contendo 1 bisnaga de 40 g + 7 aplicadores (tinidazol 30 mg/g e nitrato de miconazol 20 mg/g).

Indicações

Tinidazol + nitrato de miconazol é indicado para tratar inflamações na vulva (parte externa da vagina) e vagina que sejam sensíveis aos componentes de sua fórmula, tais como candidíase vulvovaginal e tricomoníase. Seu uso é destinado a mulheres adultas.

Como usar/Posologia

Você deve introduzir um aplicador cheio com o creme (5 g) profundamente na vagina, ao se deitar para dormir, por 7 dias seguidos. A duração do tratamento poderá variar de acordo com a orientação médica.

O aplicador pode ser molhado com água quente para facilitar a introdução na vagina. Géis lubrificantes (sem vaselina) também podem ser utilizados.

Passo a passo:

  1. Primeiro rosqueie o aplicador no bico da bisnaga já aberta para encaixá-lo;
  2. Preencha o aplicador inteiramente com o creme apertando suavemente o fundo da bisnaga até que o êmbolo chegue ao topo;
  3. Retire o aplicador e tampe novamente a bisnaga;
  4. Introduza o aplicador profundamente na vagina, de preferência deitada com as pernas dobradas e empurre o êmbolo lentamente até esvaziar todo o conteúdo;
  5. Retire delicadamente o aplicador e o descarte imediatamente.

Como o creme geralmente vaza durante o dia, é recomendado o uso de protetores diários, nunca absorventes internos.

As aplicações devem ser feitas preferencialmente fora do período menstrual, mas poderão ser mantidas caso a menstruação ocorra durante o tratamento. Nesse caso, absorventes internos também não devem ser utilizados.

Dica: para evitar se levantar logo após aplicar o creme, coloque uma sacola plástica ao lado da cama para descartar o aplicador e álcool gel ou lenços umedecidos para higienizar suas mãos após a aplicação.

Contraindicações

O uso do creme vaginal de tinidazol + nitrato de miconazol é contraindicado para pacientes alérgicos aos componentes da fórmula do medicamento, para pacientes com menos de 12 anos de idade e para homens.

Qualquer bebida que contenha álcool deve ser evitada durante a sua utilização e até 3 dias após o fim do tratamento com o creme vaginal.

Efeitos colaterais

Tinidazol + nitrato de miconazol poderá causar irritação local e sensação de queimação. As aplicações do creme devem ser interrompidas se algum desses sintomas surgirem.

Enjoos, vômitos, cólicas no abdômen e vermelhidão no corpo poderão surgir com a ingestão de álcool etílico, que é incompatível com o tinidazol.

Gravidez e lactação

Tinidazol + nitrato de miconazol não pode ser utilizado durante a gravidez sem prescrição médica. O tinidazol passa para o leite materno e não pode ser utilizado durante o período de amamentação. Se o seu uso for necessário, a amamentação deverá ser descontinuada durante o tratamento.

Composição

  • Cada grama do creme de tinidazol + nitrato de miconazol contém: 30 mg de tinidazol, 20 mg de nitrato de miconazol e excipientes –  polawax, palmitato de isopropila, ácido esteárico, simeticona, metilparabeno, propilparabeno, essência chemoderm 840 e água;
  • 1 aplicador cheio do creme vaginal de tinidazol + nitrato de miconazol contém 150 mg de tinidazol e
    100 mg de nitrato de miconazol.

Laboratório: Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A.


Tinidazol + nitrato de miconazol corta o efeito do anticoncepcional?

Tinidazol + nitrato de miconazol não corta o efeito do anticoncepcional. Os cremes vaginais que contém antibióticos em sua composição são absorvidos localmente e por isso não produzem esse efeito. Lembre-se que não é permitido ter relações sexuais durante o uso de cremes vaginais, já que a sua absorção poderá ser prejudicada.