Home » Anticoncepcionais » Adoless – Anticoncepcional

Adoless – Anticoncepcional

Adoless é um anticoncepcional que combina dois hormônios em sua fórmula: gestodeno e etinilestradiol, que inibem a ovulação e engrossam o muco cervical para que os espermatozoides não alcancem o útero. Sua cartela possui 28 comprimidos, sendo 4 deles inativos. É destinado ao uso adulto (mulheres) por via oral.

Indicações

  • Como todo anticoncepcional, Adoless é indicado para prevenir a gravidez. Mas como nenhum método contraceptivo é considerado 100% seguro pode haver, sim, gravidez com o uso de Adoless.

Como Tomar/Dosagem

  • Se for a primeira vez que você vai tomar o Adoless, tome o comprimido nº 1 no primeiro dia da menstruação;
  • Depois é só seguir as setas e tomar 1 comprimido por dia, no mesmo horário, durante 28 dias;
  • Nos últimos 4 dias quando você estiver tomando os comprimidos inativos (amarelos), ocorre, geralmente, o sangramento por privação de hormônios – diferente da menstruação;
  • Depois é só começar a tomar outra cartela mesmo que o sangramento não tenha vindo ou que você ainda esteja sangrando!

Contraindicações

Não use Adoless caso tenha:

  • Alergia a qualquer componentes de sua fórmula;
  • Pressão alta não controlada;
  • Suspeita ou confirmação de câncer de mama;
  • Suspeita ou confirmação de gravidez;
  • Diabetes com comprometimento vascular (das veias);
  • Doença vascular cerebral;
  • Doença coronariana arterial (formação de placas de gordura nas artérias coronárias);
  • Tumores benignos ou malignos no fígado ou outras doenças no órgão;
  • Trombose venosa profunda (coágulo na veia) atual ou anterior;
  • Tromboembolismo atual ou anterior;
  • Valvulopatias trombogênicas (válvulas cardíacas com funcionamento prejudicado);
  • Distúrbios trombogênicos.

Efeitos Colaterais/Reações Adversas Mais Comuns

  • Dor de cabeça;
  • Enxaqueca;
  • Sangramento de escape (quando ocorre sangramento fora do período de pausa do anticoncepcional, no caso de Adoless, quando se está tomando os comprimidos inativos);
  • Vaginites, como a candidíase;
  • Alterações no humor e na libido;
  • Tonturas, enjoos, dores abdominais e vômitos;
  • Espinhas;
  • Aumento das mamas, dor, sensibilidade e saída de secreção;
  • Cólicas;
  • Ausência de menstruação;
  • Inchaço;
  • Manchas no rosto;
  • Perda de cabelo;
  • Lesões na pele;
  • Aumento dos pelos;
  • Pressão alta;
  • Formação de coágulos nos vasos sanguíneos;
  • Obstrução das artérias e veias que podem causar infarto, derrame, ataque isquêmico transitório (que causam o mesmos sintomas do derrame, mas não deixam sequelas) e embolia pulmonar (coágulo de sangue no pulmão);
  • Câncer de colo de útero e de mama;
  • Tumores benignos no fígado;
  • Alterações nos níveis séricos de lipídios.

Gravidez e Lactação

  • Adoless não deve ser utilizado se você desconfia que está grávida ou durante a gravidez. Também não é recomendado usar o anticoncepcional quando estiver amamentando.

Composição

Cada comprimido revestido ativo (cor branca) contém:

  • 0.060 mg de gestodeno, 0,015 mg de etinilestradiol e excipientes – amido, lactose, povidona, estearato de magnésio, álcool etílico, edetato dissódico di-hidratado, hipromelose, dióxido de titânio, macrogol, polissorbato 80 e água.

Cada comprimido revestido inativo (cor amarela) contém:

  • Excipientes – amido, lactose, povidona, estearato de magnésio, álcool etílico, edetato dissódico di-hidratado, hipromelose, dióxido de titânio, macrogol, polissorbato 80, água e corante amarelo tartrazina.

Preço

Os preços de Adoless variam de R$ 27 a R$ 35.

Atualizado em: 17/03/2017 na categoria: Anticoncepcionais