Colpistatin – Creme Vaginal de Ampla Ação

Colpistatin (benzoilmetronidazol + nistatina + cloreto de benzalcônio) é um creme vaginal que combate candidíase, tricomoníase e vaginose bacteriana. O valor de Colpistatin varia de R$ 27 a R$ 32.

Assistir esse vídeo no YouTube.

Indicações

O uso de Colpistatin trata corrimentos e combate os agentes causadores de infecções fúngicas, bacterianas e parasitárias na região vulvovaginal em mulheres adultas.

Como usar/Posologia

Você deve introduzir um aplicador cheio (4 g) do creme vaginal Colpistatin profundamente na vagina, ao deitar para dormir, durante 10 dias seguidos. Higienize as mãos antes e após o uso do produto.

  1. Retire a tampa da bisnaga e perfure o lacre da bisnaga, com a parte pontiaguda do bico da tampa;
  2. Rosqueie e encaixe a cânula do aplicador ao bico da bisnaga;
  3. Puxe o êmbolo do aplicador até o fim segurando a bisnaga com a outra mão e aperte a base da bisnaga para preencher completamente a cânula com cuidado para que o creme não extravase;
  4. Desencaixe o aplicador e feche a bisnaga;
  5. Introduza lentamente o aplicador na vagina o mais profundo que conseguir e empurre o êmbolo até todo o conteúdo do creme ser aplicado;
  6. Descarte o aplicador imediatamente após utilizá-lo;
  7. Para facilitar a aplicação, deite-se de costas e flexione os joelhos com as pernas afastadas.

Contraindicações

O uso de Colpistatin é contraindicado para pacientes alérgicos aos componentes da fórmula do medicamento, pacientes que consumiram bebidas alcoólicas ou preparações com propilenoglicol até 03 dias antes da administração do creme vaginal e para pacientes que fazem ou fizeram uso de dissulfiram até 14 dias antes do início do tratamento com Colpistatin.

Não deve-se consumir consumo de bebidas alcoólicas até 3 dias após a aplicação.

Preservativos à base látex podem ser danificados pela nistatina presente em Colpistatin.

Leia também:

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns de Colpistatin incluem corrimento vaginal, coceira e ardor genitais. Dor de cabeça, desconforto no abdômen, diarreia, falta de apetite e enjoos também podem surgir.

Lacrimejamento e irritação nos olhos poderão surgir caso o produto entre em contato com a região.

Efeitos colaterais incomuns incluem coceira e lesões na pele, enquanto vermelhidão na pele é uma reação adversa rara.

A reação adversa ainda mais rara que Colpistatin pode causar é a Síndrome de Stevens-Johnson, um tipo de reação alérgica grave.

Gravidez e lactação

O uso de Colpistatin durante a gravidez não deve ser feito sem prescrição médica. Recomenda-se cautela na administração do creme vaginal enquanto a mãe estiver amamentando, já que a segurança do medicamento ainda não foi estabelecida nesse caso.

Composição

  • Cada grama de Colpistatin creme contém: 62,5 mg e benzoilmetronidazol, 25.000 UI de nistatina, 1,25 mg de cloreto de benzalcônio e excipientes – ureia, propilenoglicol, propilparabeno, oleato de decila, hidróxido de alumínio, álcool cetoestearílico, metilparabeno, simeticona, petrolato branco e água purificada.

Laboratório: Aché.


Posso usar pomada ginecológica menstruada?

A pomada ginecológica (creme vaginal) pode ser utilizada mesmo quando a mulher está menstruada e o tratamento não deve ser interrompido se a menstruação descer.


Confira também:

Assistir esse vídeo no YouTube.

Atualizado em: 12/04/2019 na categoria: Antibacterianos, Antifúngicos