Home » Anti-helmínticos » Como Tomar Albendazol?

Como Tomar Albendazol?

Pode-se tomar Albendazol em dose única ou fracionada, em líquido ou comprimidos (200 e 400 mg), antes ou depois das refeições. Albendazol líquido infantil pode ser tomado por crianças a partir de 1 ano e por adultos, os comprimidos podem ser tomados por adultos e crianças com 2 anos ou mais. Como tomar Albendazol seguindo as dosagens descritas na bula:

  • Giardíase (giardia) em crianças de 2 a 12 anos: 400 mg (comprimido) em dose única diária, durante 5 dias, ou 10 ml (líquido) em dose única diária por 5 dias seguidos;
  • Infecções por helmintos (lombriga e outros): 400 mg em dose única (1 comprimido de 400 mg ou 2 comprimidos de 200 mg);
  • Suspeita ou confirmação de infecção por Strongyloides stercoralis e Taenia spp: 400 mg de Albendazol em dose única diária, por 3 dias seguidos. O tratamento deve ser repetido se não houver a cura em até 3 semanas;
  • Infecção por Ascaris lumbricoides, Necator americanus e Trichuris trichiura: 10 ml em dose única para adultos e crianças acima de 2 anos e 5 ml em dose única para crianças de 1 a 2 anos de idade;
  • Infecção por Enterobius vermicularis e Ancylostoma duodenale: 10 ml em dose única para adultos e crianças acima de 2 anos de idade;
  • Infecção por Strongyloides stercoralis, Taenia sp. e Hymenolepis nana: 10 ml em dose única diária por 3 dias seguidos para adultos e crianças acima de 2 anos;
  • Larva migrans cutânea: 10 ml em dose única diária por 1 a 3 dias seguidos em adultos e crianças acima de 2 anos;
  • Opistorquíase (Opisthorchis viverrini): 10 ml, 2 vezes ao dia, durante 3 dias em adultos e crianças acima de 2 anos de idade.

Os comprimidos mastigáveis de Albendazol podem ser mastigados, engolidos inteiros, triturados ou misturados à refeição. Para descartar qualquer possibilidade de gravidez, mulheres só devem tomar Albendazol 7 dias após o início da menstruação.

Leia também:

É preciso identificar o verme causador infestação para que as doses a serem tomadas sejam definidas. Converse com o médico. Em caso de infestação por Enterobius vermicularis, o médico deverá orientar o paciente sobre as medidas de higiene que deverão ser tomadas. Pode haver necessidade de se repetir o tratamento em caso de infestação por Hymenolepis nana.

Atualizado em: 17/11/2018 na categoria: Anti-helmínticos