Home » Antigripais » Bula de Coristina D

Bula de Coristina D

Coristina D serve para aliviar a febre, dor de garganta e no corpocongestão nasal, espirros e coriza causados por gripes e resfriados. O preço de Coristina D varia de R$ 5 a R$ 20. Confira a bula completa, posologia, efeitos colaterais e dúvidas sobre o remédio!

Posologia de Coristina D – Como tomar

Dose de Coristina D para adultos e crianças maiores de 12 anos:

  • 1 comprimido a cada 4 horas. Não tomar mais de 4 comprimidos por dia.

Dose de Coristina D para crianças de 6 a 12 anos:

  • ½ comprimido a cada 4 horas. Não tomar mais do que 2 comprimidos por dia.

O remédio deve ser utilizado enquanto durarem os sintomas. Os comprimidos não devem ser abertos, partidos ou mastigados.

Coristina D dá sono? Efeitos colaterais

Sim, Coristina D dá sono. Como o remédio possui mais de uma substância ativa, cada uma delas pode causar reações específicas.

Os efeitos colaterais mais comuns causados pelo ácido acetilsalicílico que podem surgir são:

  • Azia;
  • Enjoos;
  • Dor de estômago.

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ser causados pelo maleato de dexclorfeniramina são:

  • Sonolência;
  • Aumento do volume e espessura das secreções dos brônquios.

O corante amarelo de TARTRAZINA que há na composição do medicamento pode causar reações alérgicas, inclusive asma. Coristina D contém LACTOSE.

Coristina D é bom?

Sim, Coristina D é um bom remédio para aliviar os sintomas de gripe e resfriados porque as substâncias presentes no remédio possuem ações analgésica, antitérmica, anti-inflamatória e antialérgica.

Coristina D ou Benegrip?

Coristina D é um remédio mais completo que Benegrip, pois também contém ação anti-inflamatória, além das propriedades que tem em comum com Benegrip. Pacientes com alergias devem se atentar à composição de cada um na hora de escolher.

Leia também:

Benegrip, Cimegripe ou Coristina D – Qual o Melhor para Gripe?

Contraindicações

O uso de Coristina D é contraindicado na presença dos seguintes casos:

  • Alergia aos componentes da fórmula;
  • Suspeita ou confirmação de dengue;
  • Hipertireoidismo;
  • Retenção urinária;
  • Pacientes com hipertensão arterial grave e doença isquêmica cardíaca crônica grave;
  • Hemofilia (dificuldade na coagulação do sangue);
  • Úlcera no estômago com sangramento,
  • Glaucoma primário de ângulo fechado;
  • Pacientes que fazem tratamento com medicamentos inibidores da monoaminoxidase (IMAO) ou que pararam o tratamento há menos de 14 dias;
  • Crianças com menos de 6 anos.

Gravidez e lactação

Coristina D pode causar reações adversas no feto devido à presença do ácido acetilsalicílico em sua fórmula. O medicamento não deve ser utilizado por grávidas sem a orientação médica.

Quanto à amamentação, o recomendado é ter cautela ao usar o medicamento, pois o ácido acetilsalicílico é excretado no leite humano.

Composição

Cada comprimido de Coristina D contém:

  • Substâncias ativas: ácido acetilsalicílico (400 mg), maleato de dexclorfeniramina (1 mg), cloridrato de fenilefrina (10 mg), cafeína (30 mg) e excipientes – lactose, dióxido de silício coloidal, amido de milho, celulose micro cristalina, estearato de magnésio, corante FDC amarelo n° 5 A1 lake, talco, corante FDC amarelo n°6 Al lake, corante FDC Ponceau 4R c corante FDC amarelo n° 6, povidona K 90.

Coristina D não tem dipirona. Seu valor pode variar de acordo com a quantidade de comprimidos na cartela.

Atualizado em: 04/06/2018 na categoria: Antigripais