Home » Analgésicos » Bula de Dipirona Monoidratada

Bula de Dipirona Monoidratada

A dipirona monoidratada ou dipirona sódica serve para aliviar dores em geral, como dor de ouvido e dor de cabeça, e para reduzir a febre. Os comprimidos de 500 mg Dipirona só devem ser administrados em adultos e adolescentes acima de 15 anos. O remédio também pode ser encontrado em gotas e em comprimidos de 1 g.

A dipirona monoidratada é o mesmo dipirona sódica. Seu preço varia de R$ 6 a R$ 22 (caixa com 30 comprimidos de 500 mg).

Para que serve

A dipirona monoidratada é um remédio analgésico e antitérmico indicado para aliviar dores em geral e reduzir a febre.

Posologia de Dipirona

  • Adultos e adolescentes acima de 15 anos: 1 a 2 comprimidos até 4 vezes ao dia.

Os comprimidos devem ser tomados com ½ a 1 copo de líquido, por via oral, sem mastigar. O tratamento pode ser interrompido a qualquer momento.

Contraindicações

A Dipirona monoidratada é contraindicada para pacientes que apresentam:

  • Alergia a dipirona monoidratada ou a qualquer um dos componentes da fórmula;
  • Asma ou intolerância analgésica do tipo urticária-angioedema (inchaço que começa das camadas profundas da pele);
  • Hipersensibilidade (alergia) a outras pirazolonas, como fenazona e propifenazona ou a pirazolidinas como efenilbutazona e oxifembutazona;
  • Caso anteriores de agranulocitose (número de glóbulos brancos baixo ou inexistente);
  • Porfiria hepática (acúmulo de substâncias que produzem porfirina) aguda intermitente (risco de crises de porfiria) e deficiência congênita (no nascimento) da glicose-6-fosfato-desidrogenase (risco de destruição dos glóbulos vermelhas);
  • Função insuficiente da medula (onde se formam todas as células) ou doenças do sistema hematopoiético (sistema sanguíneo).

Efeitos colaterais

Reações alérgicas são difíceis de acontecer, mas são possíveis mesmo após o medicamento já ter sido utilizado outras vezes sem complicações.

Em uma crise anafilática (alérgica) esses sintomas podem evoluir para angioedema (inchaço), broncoespasmo (dificuldade de respirar), arritmia cardíaca (batimentos do coração com ritmo desregulado) ou choque circulatório (o sistema não consegue bombear sangue para todos os tecidos).

Outros efeitos colaterais são:

  • Queda de pressão sanguínea;
  • Leucopenia (baixo nível de glóbulos brancos), trombocitopenia (baixa quantidade de plaquetas) ou agranulocitose com lesões inflamatórias na mucosa, febre e inflamação na garganta;
  • Em pacientes com histórico de doença renal, pode ocorrer insuficiência renal aguda.

Dipirona dá sono?

A dipirona pode causar sonolência quando utilizada em uma dose maior do que o recomendado.

Dipirona baixa a pressão?

A administração de dipirona pode baixar a pressão sanguínea em casos isolados, sobretudo quando utilizada na forma injetável.

Grávida pode tomar Dipirona?

A Dipirona Sódica não é indicada na gestação.

Na amamentação, amamentar apenas 48 horas após ter tomado a medicação, pois a Dipirona monoidratada é transferida ao leite.

Composição

Cada comprimido contém: 500 mg de dipirona monoidratada e excipientes – amido, dióxido de silício, estearato de magnésio, povidona e talco.

Laboratório: Medley.

Atualizado em: 18/09/2018 na categoria: Analgésicos, Antitérmicos