Home » Remédios mais Usados » 9 Remédios para Engravidar

9 Remédios para Engravidar

O remédio para engravidar pode agir de diferentes formas no organismo, sobre a ovulação, fase lútea ou o endométrio, por exemplo. Os remédios para engravidar rápido mais utilizados incluem:

  • Clomid;
  • Lutropina Alfa;
  • Gonadotropina;
  • Pentoxifilina (Trental);
  • Estradiol;
  • Folitropina e outros.

Os remédios para engravidar podem estimular a ovulação ou aumentar a fase lútea, ou seja, a fase final do ciclo mensal em que o corpo lúteo é formado e começa a secretar a progesterona (hormônio da gravidez), a fim de facilitar a implantação do óvulo fecundado no útero.

Outros podem, ainda, aumentar a espessura do endométrio, a camada que se forma para receber o óvulo fecundado.

Clomid

Clomid é composto por citrato de clomifeno, uma substância que estimula a ovulação e com isso ajuda no processo de fertilização. Após o primeiro ciclo de tratamento a ovulação ocorre, geralmente, dentro de 6 a 12 dias.

A dose do remédio que ajuda a engravidar mais rápido geralmente recomendada para as mulheres é de 1 comprimido de 50 mg de Clomid por dia no período da menstruação, durante 5 dias. O preço de Clomid gira em torno de R$ 50,00 (1 caixa com 10 comprimidos).

Outros nomes comerciais do citrato de clomifeno são Indux e Serophene.

Tamoxifeno

O Tamoxifeno tem como indicação principal o tratamento do câncer de mama, mas seu mecanismo de ação é semelhante ao Clomid, sendo utilizado para induzir a ovulação, já que diminui os níveis de estrogênio no organismo feminino.

Lutropina Alfa

A lutropina alfa estimula os folículos ovarianos, aumenta a fase lútea e as chances da nidação acontecer, ou seja, a implantação do óvulo fecundado no útero.

Pentoxifilina (Trental)

A Pentoxifilina tem como principal indicação a melhora da circulação sanguínea, mas também pode ajudar a engravidar, pois aumenta a espessura do endométrio, a camada formada pelo útero para que o óvulo fecundado se implante.

O preço de Trantal gira em torno de R$ 50,00.

Estradiol (Climaderm)

O Estradiol ajuda a engravidar quando a mulher tem deficiência desse hormônio feminino sexual no organismo, condição que dificulta a ovulação. Sendo assim, ele age estimulando a liberação do óvulo para que haja a fecundação (encontro do óvulo com o espermatozoide).

Menotropina

A menotropina é indicada para tratar a infertilidade causada pela Síndrome dos Ovários Policísticos em mulheres que já fizeram tratamento com Clomid e não obtiveram resultados satisfatórios. Também é indicada para homens, em conjunto com a gonadotrofina coriônica, para estimular a formação de espermatozoides.

Urofolitropina

A urofolitropina age estimulando a produção de folículos, induzindo a ovulação. É utilizada, geralmente, depois que o tratamento com o clomifeno não gerou resultados efetivos. Também é utilizado em Técnicas de Reprodução Assistida (TRA).

Folitropina

A folitropina é usada principalmente em TRA e inseminação in vitro. Ele age como o FSH no organismo feminino, estimulando os folículos ovarianos responsáveis pela liberação do óvulo.

Gonadotropina

A Gonadotropina é indicada para induzir a ovulação depois que a paciente já fez um tratamento com menotropina ou FSH (urofolitropina), no tratamento da infertilidade causada pela redução da fase lútea do ciclo, ou seja, a última fase do ciclo menstrual onde o corpo lúteo é formado, responsável por secretar a progesterona, o conhecido “hormônio da gravidez”.

Remédio para engravidar de gêmeos

Nenhum remédio que ajuda a engravidar mais rápido pode garantir uma gravidez de gêmeos, mas aqueles que estimulam os folículos ovarianos e a ovulação podem resultar numa gravidez gemelar, já que mais de um óvulo pode ser liberado pelo ovário, como Clomid, Tamoxifeno, Urofolitropina e Folitropina.

Atualizado em: 07/08/2018 na categoria: Remédios mais Usados