Home » Remédios mais Usados » 12 Remédios para Infecção Intestinal

12 Remédios para Infecção Intestinal

Os remédios para infecção intestinal podem incluir antibióticos como Rocefin, Azitromicina e Ciprofloxacino, analgésicos, para tratar os sintomas de infecção intestinal como dor e febre, e reguladores da flora intestinal, como Floratil. 

Os antibióticos para infecção no intestino não são indicados em casos de infecção intestinal viral ou parasitária, apenas para infecção intestinal bacteriana.

Remédios para infecção intestinal – Antibióticos

Os antibióticos só podem ser prescritos pelo médico, que pedirá exames para identificar a bactéria que está causando a infecção e então escolher o remédio que mais se encaixa em cada caso. São eles:

Azitromicina

A dose geralmente indicada da Azitromicina é de 500 mg, 3 vezes por dia, durante 3 a 5 dias. Um de seus nomes comerciais é Astro.

Pacientes alérgicos à eritromicina, aos componentes da fórmula descrita na bula do remédio e aos antibióticos macrolídeos não devem fazer uso da Azitromicina, nem crianças com menos de 45 kg.

Seu preço varia de R$ 10 a R$ 30.

Ciprofloxacino

A dose geralmente prescrita do Ciprofloxacino é de 1 comprimido de 1000 mg, 2 vezes ao dia. Seu preço varia de R$ 13 a R$ 42.

O cloridrato de ciprofloxacino é contraindicado para crianças e adolescentes, pacientes alérgicos aos componentes de sua fórmula ou a outros derivados quinolônicos.

Leia também:

Levofloxacino

A dose geral de Levofloxacino indicada para adultos é de 250 mg a cada 12 horas ou 500 mg 1 vez ao dia, lembrando que a dose pode variar de acordo com a orientação médica. O tratamento com Levofloxacino deve durar, no máximo, 14 dias.

Seu preço varia de R$ 16 a R$ 59.

Norfloxacino

O tratamento com Norfloxacino é feito tomando-se 1 comprimido de 400 mg de 12 em 12 horas, durante 5 dias. Seu preço varia de R$ 9 a R$ 21.

Rocefin

A posologia de Rocefin injetável indicada para adultos e adolescentes acima de 12 anos é de 1 a 2 g do remédio em dose única diária para infecções leves. O princípio ativo de Rocefin é a ceftriaxona.

Suas contraindicações incluem pacientes alérgicos às cefalosporinas e à penicilina, recém-nascidos com hiperbilirrubinemia (condição que causa a degradação excessiva da hemoglobina) e/ou prematuros.

O preço de Rocefin injetável varia de R$ 72 a R$ 100.

Bactrim

Bactrim tem como princípio ativo o trimetoprim sulfametoxazol e só deve ser utilizado em último caso, quando não há outra alternativa de tratamento. As doses indicadas são:

  • 2,5 ml a cada 12 horas para crianças de 6 semanas a 5 meses de vida;
  • 5 ml a cada 12 horas para crianças de 6 meses a 5 anos de idade;
  • 10 ml a cada 12 horas para crianças de 6 a 12 anos;
  • 1 comprimido de 400 mg a cada 12 horas para adultos.

As contraindicações de Bactrim incluem pacientes alérgicos à sulfonamida ou trimetoprima, uso simultâneo com a dofetilida, bebês com menos de 6 semanas de vida e/ou prematuros, pacientes com lesões graves do parênquima hepático (estrutura presente no fígado) e insuficiência renal grave.

O preço de Bactrim varia de R$ 13 a R$ 29.

Amoxicilina

A Amoxicilina é um dos antibióticos mais conhecidos e utilizados e combate a infecção intestinal cuja bactéria causadora é sensível a sua ação. As doses recomendadas são:

Adultos e crianças acima de 12 anos (ou de 40 kg):

  • 1 comprimido de 500 mg ou 5 ml da suspensão oral reconstituída de 500 mg/5 ml de 8 em 8 horas nas infecções mais simples e de 6 em 6 horas nas infecções graves.

Crianças de 3 a 12 anos:

  • Pó para reconstituição de 250 mg/5 ml – 5 ml de 8 em 8 horas.

Crianças até 3 anos: 

  • 125 mg/5 ml – 5 ml de 8 em 8 horas.

A amoxicilina é contraindicada para pacientes alérgicos aos componentes de sua fórmula e às penicilinas e para tratar infecções causadas por estafilococos resistentes à penicilina, ricketsias, vírus e por bacilo piociânico.

O preço da amoxicilina de 500 mg varia de R$ 7 a R$ 25.

Metronidazol

Metronidazol é indicado para tratar a infecção intestinal causada por parasitas (giárdia ou ameba). O preço de uma caixa com 20 comprimidos de 250 mg de Metronidazol gira em torno de R$ 7.

As doses indicadas são:

  • Infecção intestinal por giárdia (giardíase) – 250 mg, 3 vezes ao dia, por 5 dias;
  • Infecção intestinal por ameba (amebíase) – 500 mg, 4 vezes ao dia, durante 5 a 7 dias ou de 7 a 10 dias.

Outros remédios antiparasitários e que também contêm atividade antibacteriana são Tinidazol, Tiabendazol e Ivermectina.

Doxiciclina

A doxiciclina é indicada para adultos e crianças a partir de 8 anos de idade. Pacientes alérgicos às tetraciclinas não devem utilizá-lo.

O remédio deve ser tomado com muita água, líquidos ou mesmo ser dissolvido em 50 ml de água. De maneira alguma deve ser tomado logo antes de deitar, pois isso pode ocasionar inflamação e/ou úlcera no esôfago. É fundamental ler a bula e só utilizá-lo sob orientação e acompanhamento médico.

Para adultos a dose geral indicada para tratar infecções leves é de 200 mg no primeiro dia, tomados em dose única ou dividida (100 mg a cada 12 horas), seguidos de uma dose única diária de 100 mg ou 50 mg a cada 12 horas até o fim do tratamento determinado pelo especialista.

O preço da doxiciclina varia de R$ 8 a R$ 17.

Não tome antibióticos por conta própria. Nem toda infecção intestinal é causada por bactérias. Quando é provocada por vírus, o próprio organismo combate a infecção sem a utilização de remédios, mas com repouso, hidratação e alimentação leve.

Para diminuir a febre (se houver) e aliviar as dores, remédios antitérmicos e analgésicos podem ser utilizados, como Novalgina (Dipirona) e Alivium (Ibuprofeno). Remédios que reconstituem a flora intestinal, como Floratil, podem ser utilizados.

Durante o tratamento da infecção intestinal com diarreia é preciso repousar e realizar uma dieta com alimentos leves, cozidos e feitos na hora, como purês de legumes e frutas. Coma sempre em pequenas quantidades, de 3 em 3 horas, mas não se alimente quando não estiver com vontade ou se estiver se sentindo enjoado.

É fundamental se hidratar bastante com água, água de coco, sucos, chás e soro caseiro (1 litro de água, 1 colher de chá de sal e 1 colher de sopa de açúcar) para prevenir a desidratação, que pode ser grave em crianças e idosos.

Remédios para infecção intestinal infantil

Se a infecção intestinal infantil receber o diagnóstico de infecção bacteriana o pediatra irá prescrever o tratamento com os antibióticos indicados, como Amoxicilina ou Bactrim.

Em caso de febre e dores no corpo, não administre medicamentos analgésicos e antitérmicos em bebês e crianças sem antes consultar o pediatra.

É fundamental prevenir a desidratação em crianças e bebês com infecção intestinal. É preciso manter a criança hidratada, oferecendo líquido aos poucos e frequentemente, a cada 15 ou 20 minutos.

Além de água, você pode oferecer soro caseiro, água de coco, leite (para bebês que ainda tomam), chás e sucos naturais com pouco açúcar.

Atualizado em: 12/06/2018 na categoria: Remédios mais Usados