Para que Serve Prednisona?

Prednisona é um remédio corticoide que serve para tratar:

Assistir esse vídeo no YouTube.
  • Rinite, asma grave persistente, asma aguda e outras doenças respiratórias e alérgicas, inclusive reações anafiláticas;
  • Também pode ser prescrito para tratar sinusite, inflamação e dor de garganta causadas por doenças respiratórias;
  • Micose, psoríase, hanseníase, inchaço generalizado e outras doenças que afetam a pele;
  • Artrite, gota, bursite, dor muscular e outras doenças que afetam ossos, músculos, nervos e articulações;
  • Doenças que afetam as glândulas (doenças endócrinas);
  • Conjuntivite alérgica e outras doenças inflamatórias e alérgicas nos olhos;
  • Doenças do sangue, como anemia hemolítica;
  • Sintomas da pneumonia;
  • Doenças autoimunes que afetam a produção do colágeno, como lúpus eritematoso;
  • Sintomas de cânceres como leucemia e linfoma.

Prednisona dá sono?

Apesar de não ser um efeito colateral incluído em sua bula, Prednisona pode dar sono. Esse efeito pode surgir porque os corticoides também atuam como antialérgico e essa classe de medicamentos costuma causar mais sono.

Prednisona engorda?

Sim, o uso de Prednisona engorda. O ganho de peso é um efeito colateral muito comum dos corticoides quando utilizados em tratamentos contínuos com doses acima de 5 mg por dia.

Como Tomar Prednisona?

Prednisona não deve ser utilizado sem prescrição médica. As doses geralmente recomendadas são de 5 a 10 mg por dia para tratar inflamações e a partir de 20 mg para também produzir efeito imunossupressor e tratar doenças autoimunes.

Comprimidos e suspensão oral (3 mg/ml ou 1 mg/ml) para adultos:

  • 5 mg a 60 mg diários, a depender da doença em curso.

Comprimidos para crianças:

  • 0,14 mg a 2 mg/kg de peso, diariamente, a depender da doença.

As menores doses possíveis devem ser utilizadas para evitar efeitos colaterais graves.

Quais os Efeitos Colaterais de Prednisona?

O uso prolongado de prednisona pode causar problemas sérios, como:

  • Nos olhos: catarata, glaucoma, infecções por vírus ou fungos, aumento da pressão ocular e olhos saltados;
  • Pressão alta e insuficiência cardíaca;
  • Retenção de sódio e líquido, o que causa ganho de peso;
  • Perda de cálcio e potássio;
  • Manchas, suor excessivo e outras alterações na pele;
  • Alterações na menstruação;
  • Nos ossos e músculos: osteoporose, fraqueza muscular e perda de massa muscular;
  • Úlceras estomacais, pancreatite (inflamação no pâncreas) e inchaço abdominal;
  • Dor de cabeça, tonturas, transtornos psicológicos e convulsões;
  • Diabetes e aumento da insulina no organismo;
  • Reações alérgicas.

Qual a Diferença entre Prednisona e Prednisolona?

A prednisolona é a forma ativa da prednisona, ou seja, é a prednisolona que atua no organismo quando a prednisona é ingerida e passa pelo fígado. Dessa forma, as duas possuem as mesmas indicações.


Bula de Prednisona

Atualizado em: 21/04/2019 na categoria: Corticosteroides/Corticoides