Home » Dúvidas sobre Remédios » 8 Tipos de Remédios que Fazem Engordar

8 Tipos de Remédios que Fazem Engordar

Utilizar alguns tipos de remédios por tempo prolongado pode fazer engordar, como os corticoides, anticoncepcionais, antidepressivos e antialérgicos. Esses remédios podem causar ganho de peso porque aumentam o apetite, deixam o metabolismo do organismo mais lento, provocam cansaço em excesso ou inchaço por retenção de líquidos.

Antialérgicos

Os antialérgicos que atuam diminuindo a histamina no organismo, a substância que desencadeia crises de alergia, acaba causando mais apetite, porque outra função dessa mesma substância também é controlar a fome, ou seja, se ela é reduzida, a fome será aumentada.

Alguns exemplos são a Loratadina, Hixizine e Desloratadina.

Anticoncepcionais

Os anticoncepcionais com mais chances de fazer a paciente ganhar peso são os combinados com alta dosagem de estrogênio, como Selene, Ciclo 21, Diane 35 e Diclin, pois quando maior é a taxa desse hormônio (de 30 a 35 mcg por pílula), mais ele pode causar retenção de líquido e inchaço.

Logo, o aumento de peso na balança não está ligado ao ganho de gordura, mas sim pelo líquido acumulado no organismo.

Corticoides

Os corticoides orais são remédios hormonais muito conhecidos por causar aumento de peso no tratamento de longo prazo (acima de 30 dias) e isso acontece porque eles afetam o metabolismo da gordura no corpo, aumentando-a e causando a distribuição irregular da mesma no organismo. Os corticoides também aumentam a fome. Um muito conhecido e utilizado é a Prednisona.

Os corticoides injetáveis ou tópicos (aplicados na pele) não costumam causar esse efeito colateral.

Antidepressivos e antipsicóticos

A classe de antidepressivos que pode causar mais ganho de peso é a dos antidepressivos tricíclicos, como o cloridrato de amitriptilina e Pamelor (nortriptilina), pois eles também possuem ação anti-histamínica, aumentando a fome.

Remédios antipsicóticos atípicos, como Olanzapina ou Risperidona, também bloqueiam o efeito da histamina, pois aumentam uma proteína do cérebro responsável por esse efeito, aumentando o apetite.

Estabilizadores de humor, como o ácido valproico e o lítio, usados no tratamento do transtorno bipolar e da esquizofrenia, também aumentam a fome.

Antidiabéticos

Os remédios para controlar diabetes também podem causar ganho de peso ao elevarem a taxa de insulina no sangue, pois isso aumenta o apetite e contribui para o acúmulo de gordura, como a Glibenclamida, Glicazida, Glimepirida e insulina injetável.

Outros tipos podem, ainda, causar retenção de líquido e inchaço, como a Pioglitazona e a Rosiglitazona.

Remédios para pressão alta

Os remédios para pressão alta da classe dos betabloqueadores, como Atenolol, PropranololCarvedilol, podem levar ao aumento de peso porque o paciente passa a se sentir menos disposto para praticar exercícios físicos.

Atualizado em: 17/09/2018 na categoria: Dúvidas sobre Remédios