Home » Anti-helmínticos » Tiabendazol Bula – Para que Serve?

Tiabendazol Bula – Para que Serve?

Tiabendazol é um remédio anti-helmíntico na forma de pomada, comprimido, suspensão (líquido) e sabonete que serve para tratar:

  • Bicho geográfico (causado pela Larva migrans cutânea);
  • Estrongiloidíase (infecção por Strongyloides stercoralis, parasita do sistema gastrintestinal);
  • Toxocaríase (infecção por Larva migrans visceral que afeta cães e gatos, mas que pode ser transmitida para humanos);
  • Escabiose e dermatomicoses.

Qual é o preço de Tiabendazol?

  • Tiabendazol comprimidos: Thiaben (referência) custa de R$ 15 a R$ 21;
  • Tiabendazol pomada: cerca de R$ 13. Thiabena (referência) custa cerca de R$ 20. Há também, no mercado, a pomada Micosbel, à base de tiabendazol;
  • Tiabendazol sabonete: Tiadol (referência) custa certa de R$ 30.

Tiabendazol pomada serve para oxiúrus?

Sim, o médico poderá receitar a pomada de tiabendazol para oxiúrus. Ela combate a infestação e alivia a coceira e a irritação locais. Outros remédios utilizados para tratar oxiúrus são albendazol, mebendazol e Pyr-pam.

Como Tomar e Usar Tiabendazol

Comprimidos

Para adultos e adolescentes acima de 12 anos:

  • Estrongiloidíase, Bicho geográfico e Toxocaríase: 1 comprimido de 500 mg para cada 10 kg de peso corporal. A dose total deve ser dividida para ser tomada a cada 12 horas.

Duração do tratamento:

  • Estrongiloidíase (infestação não disseminada): 2 a 3 dias;
  • Estrongiloidíase (infestação disseminada): pelo menos 5 dias;
  • Bicho geográfico: 2 dias. Se as lesões continuarem, o mesmo tratamento deve ser repetido 2 dias após o término da última dose anterior;
  • Toxocaríase: 5 a 7 dias.

A dose máxima diária de Tiabendazol é de 3000 mg (3 gramas ou 6 comprimidos de 500 mg).

Suspensão oral

Para adultos e crianças:

  • Estrongiloidíase, Bicho geográfico e Toxocaríase: 1 ml da suspensão para cada 1 kg de peso corporal. A dose total deve ser dividida para ser tomada a cada 12 horas.

A duração do tratamento é a mesma utilizada para os comprimidos. A dose máxima diária da suspensão oral de Tiabendazol é de 60 ml.

Pomada

Antes de aplicar a pomada à noite e pela manhã, o paciente deverá tomar um banho quente de, no mínimo, 10 minutos e secar a pele.

  • Bicho geográfico: esfregar a pomada nas extremidades dos locais onde estão as lesões causadas pela movimentação da larva 3 vezes ao dia, durante 3 a 5 dias seguidos;
  • Dermatomicoses (infecções por fungos na pele): esfregar a pomada (ou a loção) sobre as áreas afetadas, 2 vezes ao dia. Continuar o tratamento até as lesões desaparecerem.

Se for necessário, o tratamento pode durar mais 5 dias. Durante o tratamento as roupas de cama e roupas brancas devem ser fervidas antes de lavar.

Sabonete

O sabonete de Tiabendazol é utilizado como um complemento do tratamento com a pomada.

  • Antes de aplicar tiabendazol pomada, o paciente pode lavar o local afetado durante o banho com o sabonete e deixar secar a espuma. Depois deve enxaguar e secar a pele.

Contraindicações

Tiabendazol é contraindicado para uso por pessoas alérgicas aos componentes da fórmula do remédio. Os comprimidos e a solução oral não devem ser utilizados para tratar infestação por lombriga (Ascaris lumbricoides), pois o verme pode migrar para a boca ou nariz.

Pacientes com insuficiência hepática ou renal não devem utilizar Tiabendazol sem orientação médica. O consumo de cafeína, aminofilina, teobromina, teofilina durante o tratamento pode causar intoxicação. O consumo de álcool também é contraindicado.

Efeitos colaterais mais comuns

Os efeitos colaterais mais comuns de Tiabendazol comprimidos e suspensão oral são:

  • Enjoos e vômitos;
  • Secura na boca;
  • Diarreia e perda de peso;
  • Dor no estômago e no abdômen;
  • Cansaço, tontura, vertigens, fraqueza geral e falta de coordenação motora;
  • Confusão mental, depressão e esquecimento;
  • Formigamento na pele.

Se houver infestação por Ascaris (lombriga), o verme vivo pode migrar para a boca e nariz. Pode haver, também, odor na urina.

Tiabendazol pomada pode causar ardor e irritação na pele, descamação e maceração (inchaço seguido de amolecimento e surgimento de ferida).

Gravidez e lactação

Tiabendazol não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou que estão amamentando sem a prescrição de um médico ou do cirurgião-dentista.

Composição

  • Cada comprimido de 500 mg de tiabendazol contém: 500 mg de tiabendazol e excipientes – amido, estearato de magnésio, povidona, croscarmelose sódica, celulose microcristalina, fosfato de cálcio dibásico di-hidratado, glicerol e polissorbato 80;
  • Cada ml da suspensão oral de tiabendazol contém: 50 mg de tiabendazol e excipientes – sacarose, goma xantana, mix de celulose microcristalina + carmelose sódica, simeticona, polissorbato 80, metilparabeno, propilparabeno, benzoato de sódio, álcool etílico, aroma artificial de caramelo, corante vermelho eritrosina, água purificada.

Referência: Thiaben

  • Cada g da pomada dermatológica de tiabendazol contém: 50 mg de tiabendazol e excipientes – polietileno + petrolato líquido.

Referência: Thiabena.

  • Laboratório: UCI-FARMA.

Atualizado em: 30/04/2018 na categoria: Anti-helmínticos