Home » Analgésicos Narcóticos » Bula de Tramal – Dores Fortes

Bula de Tramal – Dores Fortes

Tramal é um analgésico narcótico que serve para tratar dores que não são aliviadas com analgésicos simples. O preço de Tramal gira em torno de R$ 51. Tramal não é morfina, mas os dois remédios fazem parte da mesma classe de medicamentos, os opiáceos.

Para que serve Tramal?

Tramal (cloridrato de tramadol) pode ser usado para aliviar dores moderadas a fortes, agudas ou crônicas, como enxaquecas com aura ou crises agudas de gota, por exemplo.

Pessoas que sofrem de doenças cujos sintomas são muito dolorosos ou que se encontram em uma situação crítica fazem uso desse medicamento.

Tramal para Dor de Dente

Tramal não é indicado para dor de dente, pois não é um anti-inflamatório. Além disso, é um medicamento muito forte e não deve ser utilizado nesse tipo de situação.

Tramal para Dor de Cabeça

Tramal é um medicamento muito forte e não deve ser usado em situações consideradas simples, como dores de cabeça.

É claro que existem exceções, como enxaquecas com aura, onde o uso de Tramal pode ser necessário, dependendo do paciente.

Como Tomar

A posologia de Tramal deve ser individual, ou seja, o médico deve decidir qual a dosagem adequada a cada paciente, dependendo da intensidade da dor e sensibilidade de cada um.

  • Posologia usual para adultos e jovens com mais de 16 anos de idade: 1 a 2 cápsulas de Tramal em dose única diária. A dose pode ser aumentada para até 150 mg ou 200 mg 2 vezes/dia de Tramal, e pode ser administrada com ou sem alimentos;
  • A dose máxima não deve ultrapassar 8 cápsulas. O tratamento com Tramal deve ser efetuado apenas pelo período de tempo necessário.

Efeitos Colaterais/Reações Adversas Mais Comuns

  • Palpitação e taquicardia;
  • Hipotensão postural (quando a pessoa levanta rapidamente e sente uma certa tontura);
  • Colapso cardiovascular;
  • Tontura e sonolência;
  • Dor de cabeça;
  • Enjoo;
  • Vômito;
  • Prisão de ventre;
  • Boca seca;
  • Irritação gastrintestinal;
  • Diarreia;
  • Transpiração;
  • Reações dérmicas (por ex.: coceira, bolhas e urticária);
  • Cansaço.

Contraindicações

O uso de Tramal é contraindicado nos seguintes casos:

  • Pacientes que apresentam hipersensibilidade a tramadol ou a quaisquer componentes da fórmula;
  • Pacientes que fazem uso de álcool, hipnóticos, analgésicos, opioides e outros psicotrópicos;
  • Pacientes em tratamento com inibidores da IMAO, ou pacientes que foram tratados com esses fármacos nos últimos 14 dias;
  • Pacientes com epilepsia não controlada adequadamente com tratamento;
  • Paceintes em tratamento de abstinência de narcóticos.

Gravidez e Lactação

Tramadol não é indicado durante a gravidez, pois pode causar malformação fetal e até abortos.

Geralmente, não há necessidade de interromper a amamentação após uma única administração de Tramal, mas se você for utilizar esse medicamento diariamente, não é permitido amamentar.

Composição

  • Cada cápsula de Tramal contém: cloridrato de tramadol e excipientes – celulose microcristalina, amidoglicolato de sódio, estearato de magnésio e sílica gel;
  • Cada comprimido revestido de Tramal Retard contém – cloridrato de tramadol e excipientes – celulose microcristalina, lactose monoidratada, estearato de magnésio, hipromelose, propilenoglicol, sílica gel, macrogol, talco e dióxido de titânio.

Atualizado em: 04/06/2018 na categoria: Analgésicos Narcóticos