Home » Antibióticos » Bula de Azitromicina

Bula de Azitromicina

A azitromicina é um antibiótico que serve para tratar infecções bacterianas gerais, como na garganta e ouvido, infecção urinária, acne e DST’s. O preço da azitromicina di-hidratada varia de R$ 10 a R$ 30. O remédio pode ser encontrado em comprimidos de 500 mg ou 1 g, ou em suspensão oral.

Para que serve azitromicina?

O uso da azitromicina é indicada para o tratamento das seguintes infecções bacterianas:

  • Infecções do sistema respiratório (sinusite, pneumonia, bronquite, faringite, amigdalite, etc.);
  • Otite média (infecção de ouvido);
  • Infecções de pele e/ou tecidos moles;
  • Clamídia;
  • Cancro.

Azitromicina serve para acne?

A azitromicina também é indicada para tratar a acne, tanto por via oral quanto por via tópica, presente em medicamentos formulados para a pele, inclusive em associação com outras substâncias, como ácidos.

Posologia de azitromicina – Como tomar

Dose de azitromicina (comprimidos) em adultos/idosos com clamídia, cancro mole ou gonorreia (doenças sexualmente transmissíveis):

  • Dose oral única de 1000 mg (1 g).
  • Para outras infecções, geralmente indica-se a dose 1500 mg (1,5 g), divididas em três tomadas (500 mg, 3 vezes por dia), durante 3 a 5 dias. A mesma dose total pode ser administrada durante 5 dias, em dose única de 500 mg no 1º dia do tratamento, seguida de uma dose de 250 mg, 1 vez ao dia, do 2º ao 5º dia do tratamento.

Para uso em crianças com mais de 45 kg, os mesmos parâmetros do uso em adultos devem ser seguidos. Crianças com menos de 45 kg devem tomar Azitromicina Suspensão Oral.

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais da azitromicina não costumam ser graves e também não surgem com frequência. Os mais comuns têm relação com o sistema digestivo, como:

  • Anorexia, enjoos, vômito e diarreia;
  • Fezes amolecidas, dor de estômago, dor ou cólica abdominal, prisão de ventre, gases e colite pseudomembranosa (inflamação do cólon).

Outros podem incluir:

  • Vaginite (inflamação dos tecidos da vagina);
  • Coceira, sensibilidade à luz, manchas e inchaço na pele;
  • Comportamentos agressivos, nervosismo, agitação e ansiedade;
  • Tontura, convulsões, dor de cabeça, sonolência, parestesia (sensações anormais da pele) e hiperatividade;
  • Dores nas articulações;
  • Perda de audição, surdez ou surgimento de ruído auditivo (os efeitos são reversíveis);
  • Palpitações e arritmias cardíacas.

A combinação de azitromicina e álcool pode agravar alguns de seus efeitos colaterais, como náuseas, vômitos, dor no estômago e diarreia. A azitromicina não corta o efeito do anticoncepcional.

Contraindicações

A administração da azitromicina é contraindicada nos seguintes casos:

  • Pessoas alérgicas aos componentes da fórmula de Azitromicina, à eritromicina ou a qualquer outro antibiótico macrolídeo ou cetolídeo (classes de antibióticos);
  • Crianças com menos de 45 kg.

Gravidez e lactação

O uso da azitromicina di-hidratada durante gravidez e lactação só deve ser feito sob orientação médica, em último caso, quando não há outras alternativas comprovadamente seguras para o tratamento da infecção em questão.

Composição

Cada comprimido revestido de Azitromicina contém:

  • 524 mg de azitromicina di-hidratada (correspondente a 500 mg de azitromicina base) e excipientes – fosfato de cálcio dibásico, amido, croscarmelose sódica, laurilsulfato de sódio, estearato de magnésio, álcool polivinílico, dióxido de titânio, macrogol e talco.

Também pode ser encontrado em comprimidos de 1 g.

Laboratório: Medley Farmacêutica Ltda.

A azitromicina precisa de receita para ser comprada, já que é um antibiótico. Um de seus nomes comerciais é Astro.

Atualizado em: 14/09/2018 na categoria: Antibióticos