Kóide: Inflamações, Alergias e Reumatismo

Kóide (Betametasona) é um medicamento corticoide com efeitos anti-inflamatório, antirreumático e antialérgico. O preço de Kóide varia de R$ 7 a R$ 35. O medicamento é vendido em forma de elixir e pode ser utilizado por adultos e crianças, por via oral.

Assistir esse vídeo no YouTube.

Indicações – Para que Serve?

O uso de Kóide é indicado para o tratamento de doenças inflamatórias, reumáticas e alérgicas que respondem ao tratamento com medicamentos corticoides, tais como:

  • Alergias em geral;
  • Alergias e inflamações nos olhos;
  • Infecções respiratórias;
  • Distúrbios osteomusculares, como artrite, gota e bursite;
  • Infecções na pele, como micoses, urticária e psoríase grave;
  • Distúrbios hormonais, como insuficiência suprarrenal e inflamação da tireoide;
  • Distúrbios do colágeno;
  • Problemas no sangue;
  • Cânceres: tratamento dos sintomas de leucemias e linfomas em adultos e leucemia aguda em crianças;
  • Meningite tuberculosa;
  • Prevenção de rejeição em transplantes de rim.

Como Tomar/Dosagem

Como Kóide é um medicamento corticoide, suas doses e a duração do tratamento devem ser prescritas pelo médico e seguidas à risca.

Leia também:

Geralmente, a dose inicial de Kóide varia de 0,25 mg a 8 mg por dia, a depender da doença. Nos casos mais simples, as doses recomendadas são:

  • Artrite reumatoide e outras doenças reumáticas – dose inicial de 1 mg a 2,5 mg, por até 7 dias;
  • Bursite – dose inicial recomendada de 1 mg a 2,5 mg diários, tomados ao longo do dia, por 2 ou 3 dias;
  • Crises de asma – 3,5 mg a 4,5 mg durante 1 ou 2 dias. A dose de manutenção é de 0,25 mg a 0,5 mg, tomados a cada dois dias, até que a doença estabilize e o medicamento pare de ser tomado;
  • Asma crônica – dose inicial de 3,5 mg por dia por até 7 dias. Após esse período, a dose deverá ser reduzida para 0,25 mg a 0,5 mg por dia, até que a dose de manutenção seja alcançada;
  • Infecções e alergias na pele – dose inicial de 2,5 mg a 4,5 mg por dia, até que a infecção seja controlada. A partir daí a dose deve ser reduzida para 0,25 mg a 0,5 mg a cada 2 ou 3 dias, até que a dose de manutenção seja alcançada;
  • Inflamação nos olhos – dose inicial de 2,5 mg a 4,5 mg tomados ao longo do dia, por até 7 dias. Após esse período a dose deve ser reduzida para 0,5 mg por dia até que a dose de manutenção seja alcançada.

Contraindicações

O uso de Kóide é contraindicado para pacientes com infecções causadas por fungos, pacientes alérgicos aos componentes da fórmula do medicamento ou a outras substâncias corticoides.

Efeitos Colaterais mais Comuns

O uso de Kóide e outros medicamentos corticoides pode causar os seguintes efeitos colaterais:

  • Retenção de sódio e de líquido, diminuição das taxas de potássio, insuficiência cardíaca congestiva e pressão alta;
  • Fraqueza muscular, perda de massa muscular, osteoporose, fraturas nos ossos e ruptura dos tendões;
  • Úlcera no estômago com chance de perfuração e sangramento, inflamação do pâncreas e do esôfago, inchaço abdominal e soluços;
  • Dificuldade de cicatrização, atrofia, sensibilidade e manchas na pele, vermelhidão no rosto, suor em excesso, inflamações na pele, urticária e inchaço;
  • Convulsões, aumento da pressão dentro do crânio, vertigens e dor de cabeça;
  • Menstruação desregulada, baixo crescimento do feto e em crianças;
  • Aumento da pressão dentro do olho, catarata, glaucoma e olhos saltados;
  • Problemas no metabolismo;
  • Depressão grave, mudanças no humor, euforia, psicose, personalidade alterada, irritabilidade em excesso e insônia;
  • Crises alérgicas e anafilaxia (crise alérgica grave que pode ser fatal), choque e pressão baixa.

Gravidez e Lactação

Kóide não é recomendado para uso durante a gestação e período de amamentação. Recém-nascidos de mães que fizeram tratamento com remédios corticoides durante a gravidez podem apresentar sinais de hipoadrenalismo ou mesmo catarata congênita.

Composição

  • Cada 1 ml de elixir de Kóide contém: 0,1 mg de betametasona e excipientes – ácido cítrico, benzoato de sódio, açúcar refinado, cloreto de sódio, sorbitol, propilenoglicol, corante amarelo 3, aroma de laranja, aroma de cereja, álcool de cereais e água deionizada.

Atualizado em: 17/04/2019 na categoria: Corticosteroides/Corticoides